PATRONO

O nome deste espaço homenageia Dr. Innocêncio Calmon – filho do ex-governador da Bahia, Francisco Góes Calmon – por ter sido o doador do vasto acervo bibliográfico, núcleo inicial formador desta biblioteca, composto por livros raros de Direito, a coleção LEX, a coletânea das Leis do Comércio Exterior e das Leis do Brasil Império, dentre outros.

Innocêncio Marques de Góes Calmon nasceu em 1903, estudou em Salvador sendo o curso superior em São Paulo, onde, em 1925, recebeu o diploma de Bacharel em Direito. Dois anos depois casou-se com a Srª Alzira Craig e morou em São Paulo com a sua família. Em 1926 foi nomeado advogado do Banco Econômico com a incumbência de introduzir na estrutura da organização os princípios básicos do neo-capitalismo europeu.

 

Foi Procurador de Justiça, cargo do Ministério Público Federal e, em 1940, rejeitou o convite de Viriato Bittencourt Leite e Eugênio Teixeira Leal para que regressasse à Bahia, para exercer o cargo na diretoria do Banco Econômico da Bahia – BEB, indicando para o cargo o seu irmão Miguel Calmon. Sua relação com o BEB era informal emanando ordens, sugestões e instruções. Sempre deu assessoramento e aconselhamento jurídico ao BEB e quando se aposentou do Ministério Público Federal assumiu cargo na Diretoria, o que ocorreu durante os anos de 1970-1975 quando ocupou a vice-presidência do BEB na gestão de Eugênio Teixeira Leal. 

Fonte: Góes Calmon: In Memorian. Rio de Janeiro: [s.n.], 1933. 150 p.

© 2020. Desenvolvido por Hugo Bispo.